Por ação direta do nosso Presidente Nuno Leitão, o embargo às obras na zona de mata protegida adjacente ao Bairro da Petrogal continuará em vigor até à aprovação pelos órgãos competentes.
Com este embargo, a Junta de Freguesia foi capaz de salvaguardar os interesses dos nossos habitantes ao pôr termo a um eminente atentado contra o meio-ambiente, dando voz à indignação dos moradores locais e alertando para um crime que afetaria toda uma área verde protegida pela lei.
Estamos cá por si.