A Junta de Freguesia da União das Freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela foi surpreendida com decisão de encerramento do balcão do Millennium BCP de Vale de Figueira, situação, a todos os níveis, incompreensível e lamentável.

Os serviços bancários são essenciais e a sua proximidade física condição fundamental para o fácil acesso, sendo, por isso, esta decisão unilateral do Millennium BCP lesiva para a população da Freguesia.
Neste caso, além de passar a não haver balcões bancários, assiste-se à possibilidade de ficar ainda sem as vulgares Caixas ATM, sendo que esta medida coloca em causa o bem-estar das populações, privando os habitantes de mais um serviço.
Os serviços bancários deixam de existir nesta ex-freguesia, São João da Talha, com cerca de 20.000 habitantes, e implicará uma deslocação em cerca de 2km até ao balcão mais próximo, e terá consequentemente um grande impacto em São João da Talha e Vale de Figueira, junto do seu comércio e junto da sua população.
A Junta de Freguesia de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela não pode deixar de manifestar a sua forte oposição ao encerramento deste serviço bancário e, deu nota disso em comunicação à Administração do Millennium BCP, e está a aguardar resposta à solicitação de uma reunião com caráter de urgência.

Assim, o Executivo da Junta de Freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela, reunida a 4 de maio de 2022, delibera:
– Manifestar a sua indignação e oposição pelo encerramento do único serviço bancário em Vale de Figueira, tendo em conta os interesses da população.
– Instar a administração do Millennium BCP a rever esta decisão de encerramento do Balcão de Vale de Figueira.

O Presidente da Junta de Freguesia
Nuno Filipe Ferreira dos Santos Leitão